v e r a c i d a d e


verdades mudam
valores não

frigideira quente pão e manteiga
aos poucos eu chego mais perto e fico mais tempo

eu chuto a porta, digo poucas e boas aviso que não volto mais e tals
viro as costas vou embora
mas depois volto rindo
e quero café moído na hora

caretices e carências dou risada na cara delas
molho de tomate bom se faz é mesmo em casa

dô valor pra quem pode dormir mais de 8 horas já o meu sono é uma coisa mais delicada
suco de limão com casca e caldeirada de marisco

então assim ó:
São Paulo me assusta
Vera cidade.









Aki sem culpa nenhuma


eu? 

não tenho nada a ver com essa bagunça que rola por ai, nada a ver com esse mundo hostil que rola nas rédeas virtuais e fora dela...

fico aqui comendo meu mamão com mel no café da manhã, espiando o cacho de banana amadurecer, eu fico quieta olhando os bichos me olhando.

silêncio no deck 
sol entre nuvens 
olhando folhas secas no jardim...



falar com a roseira.
me perdoa? replantei você tantas vezes.