conhecendo o maranhão

 
O que dizer de São Luis do Maranhão? Cidade de muitos contrastes?
mas isso é Brasil... que vi o negro, o índio, o branco de olhos azuis no seu cotidiano, e que também, vi isso tudo numa única pessoa? incomum é o que resulta a mistura de franceses, holandeses, índios e negros.

Vi uma cidade suja, de patrimônios históricos abandonados, mas isso também é Brasil...  Já vi no Rio, em Minas, em Sampa no sul e em outras cidades nordestinas...
Eu tinha uma curiosidade imensa pela azulejaria de São Luis e descobri que a cidade é uma "senhora idosa", vestida maltrapilha de azulejos gastos e morando em palácios empobrecidos, mas ainda assim tudo isso é bonito, como explicar?

O mar é escuro, morno e venta muito, mas um vento que não te deixa tão enlouquecida como o de Santa Catarina, é um vento morno e aconchegante e assim não se sente o calor intenso de 38-40 graus o tempo todo. Viajamos para o interior e então encontramos o mar que queríamos! água fresca, clara, dunas de areia finíssima, mangue, mar, rio, barco, ostras, pôr de sol...

Tem um povo maravilhoso por lá, com aquele jeito comunicativo e majestoso do povo do norte e nordeste, povo que fala bem, que defende suas ideias, que argumenta e justifica com graça, gente trabalhadora.

Comidas... o carangueijo toc-toc com coentro, uma tapioca tão boa, delicada, feita por uma mulher tranquila e habilidosa, água de coco tão doce, pequenas frutas frescas vendidas em qualquer esquina :) um tal guaraná Jesus de cor rosa que vende mais que coca-cola, e foi isso! foi mais ou menos assim.
 






 

Um comentário:

✭ ᕵatricia ℱernanda ✭ disse...

Olá,

Legal tua postagem!
A temperatura das águas do mar é completamente diferente da do Sul... O clima é mais quente, porem 'ventila'. Feliz 2013!!!
Abraço.