nem tanto céu nem tanto mar

joguei a toalha e fugi de tudo por uma semana
fugi da correria, do cansaço, do relógio, de pequenas e grandes obrigações...
corri pra casa.
quero pegar um pouco de sol, deitar na pedra, andar de bicicleta sem capacete, caminhar sem pressa, colocar os projetos de sampa em dia sem a urgência do relógio, sem pressão ou obrigação, fazer o que é preciso sem tensão.
comer sem olhar para o computador ou telefone, dormir tranquilo, acordar sem relógio despertador, ler um livro na rede...
uma semana e volto zen.





Nenhum comentário: