desligada da tomada

é...
Com esse calor de assar  ovo no asfalto eu despluguei, juro.
Foram tantas idas e vindas, tantas caixas, tantos os assuntos que de repente eu paf! me vejo em  pleno domingo de verão (05/02/2012) calor de num sei quantos graus trancadinha num apartamento, pilotanto um fogão e mandando ver no primeiro almoço de domingo a dois em Sampa.

A filha-peluda em baixo da cama no escuro e no fresco, o véio-amado na sua segunda caipirinha de GELO com gotas limão e vodca, as voltas com parafusos, espelhos, interruptores, martelo e cabos de telefone...
e eu a me perguntar: onde foi que eu amarrei meu jegue, ômeupai?

(...passei o dia sentindo falta da areia, da brisa marinha e do frescor das águas de Bombinhas)

Mas se tudo der certo, sobrevivo a este final de semana duzimferno na megalometropole! termino o dia numa livraria com ar-condicionado e as voltas com alguns bons livros.

Nenhum comentário: