tá tudo muito bem, tá tudo muito bom

mas realmente, eu preferia estar quase nua, usando um combo camisetalevebranca+rasteirinha+short.
Já deu pra recuperar a pele né? pra engordar uns quilinhos na base do vinho e queijo nosso de cada dia.

Agora vamos ao que interessa? primavera com flor no cabelo, solgostoso entrando pela casa, queimando a cara pálida na caminhada matinal, choppinho na esquina, mariscada no quintal, brisa leve entrando pela janela, vemnimim primavera-verão!

Por aqui tudo segue, escrevendo pouco como você pode ter notado, mas pensando muuuuito. Pensei até em escrever sobre a vida a dois a vida a três a vida sozinha. Pensei em escrever sobre a minha vidinha e seus ciclos de 7 em 7 anos, especialmente esse que estou vivendo dos quarenta e dois aos quarenta e nove (loopings perfeitos e altos baques!!!). 

Pensei em escrever também sobre viver o aqui e o agora. Daquele jeito leve, daquele jeito de quem usa a toalha branca bordada a qualquer dia com alegria. Sabe aquela toalha branca que se guarda no fundo do armário, dentro do saco azul pra não amarelar?

Use-a! 

Faça com ela pequenos rituais especiais no seu cotidiano, não espere ela amarelar... não espere para usa-la só um vez por ano em "ocasiões especiais". TOALHA BRANCA BORDADA PARA USAR  EM UMA ÚNICA OCASIÃO ESPECIAL NÃO EXISTE (alguém que não se diverte muito inventou isso).

Pensei em escrever sobre essa baboseira de ter hora e dia para viver as coisas boas da vida.
Pensei em escrever em como viver com delicadeza e amorosidade as duras coisas da vida.

Pensei em escrever sobre aquele segundo (aquele milésimo de segundo) sutil e profudo em que você percebe que tudo está no lugar certo na hora certa e, silenciosamente agradece. (Eu sei que existem muitos milésiomos de segundo disponíveis por ai.)

Pensei em escrever sobre aquela pessoa que só constroi seu proprio teto se roubar telha alheia, manja?

Pensei em escrever explicando, justificando o que tenho sentindo na pele. 
Mas pra você não precisa, você me entende.


bejomeliga :-)

Um comentário:

Flor disse...

Cara, Véia Vera, como gosto do que vc escreve, parece que entra dentro da gente e retira aquilo que queriamos dizer. É por essas e outras que curto acompanhar seu blog.
Parabéns e seja feliz!