pérolas

Muita chuva durante muitos dias e a gente vai ficando encolhida, quieta, televisão não preenche, o livro já falou tudo que podia, o rádio toca sempre a mesma música, o trabalho parou de render, sem saco para o mundo virtual, saio para caminhar na chuva (capa, bota etc e tals).

No caminho mentalmente resolvo o programa da noite e, passo no super para comprar um kit jantar-para-duas amigas.

Na saída do super, um mendigo que ganhava um troco ajudando "as madame" a equilibrar sacola, guarda chuva, porta malas aberto, passou por mim rindo, aquele sorriso meio desgraçado, meio desdentado, meio desconfiado, meio puto, meio envergonhado, enfins... aquele meio sorriso.
Passou e mandou essa:

-Há! a madame do carrão lá, tá chateada, falo que veio fazer compra pra relaxar... porque tá com pobrema em casa!!!PORRA, o que eu daria hoje prate pobrema em casa!!! prate uma CASA cheinha de pobrema, eu num ia nem sair pra nada não... eu fica lá enrolado nos cobertô rindo da cara dus pobrema.
 






4 comentários:

Patrícia disse...

É isso!!!
bjs e saudades...

Karina. disse...

Nem todos possuem o mesmo problema, e nem todo problema é problema para todo mundo...

TOMOKO disse...

kkkkk ...essa foi prá eu realmente sorrir hj VÉIA!!!!
A vida é tão simpres num é????
Bju!!!

Véia da Teia disse...

pensei a mesma coisa quando ouvi Karina, mas ainda assim achei graça...
simplérrima Tomoko!
é, isso Patícia.