pronto já passou

Agora ficou só essa gripe forte, os olhos doendo e os vestígios de uma noite mal dormida.
Lembrar aquilo que me faz sofrer é olhar pra dentro de mim e perceber que ainda, AINDA eu guardo certas dores.

E aquilo que me fez sentir tamanha raiva não está mais lá fora "cheio de si, rindo debochadamente", está DENTRO de mim.

Teimando, me fazendo perder o sono. Eu, remoendo cada palavra que não disse. 

Deixa sair, DEIXO SAIR... é como diz o outro: " deles não quero resposta, quero meu avesso".

Como não elaboro nada que vou viver e, vivo levemente ACHANDO que do outro nada espero, surpreendo-me quando a confusão interna acontece.


Ainda assim é um bom sinal...
Não estar madura, não estar completa, ser esse rascunho me deixa tão mais humana, um tanto sensível mas, numa dose suportável e o suficiente pra não sentir pena de mim mesma, nem ser cínica.


DESANDAR...


Doeu menos, vai doer sempre.
Suspenso são todos os julgamentos.

Pronto. Já passou.



Nenhum comentário: