fio terra

"...
Vim pegar energia. Sim. Preciso da terra, preciso do horizonte das minas.São tantos os mares que me tonteia.
Assim com as mãos na terra, que já começa a agir, meus ombros se soltam, concentrada como estou, limpando o terreno, adubando o pequeno espaço onde crescerá forte e cheia de energia a nova planta, aquela ruga entre as sombrancelhas se desfaz".

Nenhum comentário: