e o grau de irritação da pessoa hoje? e a vontade imensa de fugir? de fingir que não é comigo, de virar as costa pra tudo, de tomar um trago forte, de me enfiar num sessão de cinema comendo pipoca e assistindo sabe-se lá que filme e que o mundo lá fora se esvai!
imagina, delícia!
mas num posso não...hoje não, só me resta trabalhar muito e tocar a vida.






3 comentários:

Carlinha disse...

Conheço bem esse sentimento!
As vezes nem o alecrim ajuda!

bejos

Vanessa Maurer disse...

Calma querida... a coisa vai fluir com mais facilidade dentro em breve... é tudo uma questão de ter a mente aberta e a espinha ereta, como se diz por aí... força na peruca!

Véia da Teia disse...

pois então meninas? um grau a mais e, é tudo que tenho por esses dias, seguimos...