todo domingo é assim...

vencemos a preguiça,  a bobeira que dá neste dia e, saímos pra caminhada.
circuito rápido, curto, intenso ou moderado não importa, seguimos...
neste último domingo, caminhamos 7 horas entre bombas e 4 ilhas, subindo morro, pegando trilha, caminhando entre praias, nas ruas do centro, sentindo frio e calor, fotografando, parando pra curtir uma pedra, um visual, sem pressa de ir sem pressa de voltar.

nos caminhos deixamos as nóias, a ansiedade, o querer, o ter, e, apenas caminhamos.


 
entre bombas e bombinhas a capela nossa senhora da conceição, assim quieta, com as portas abertas a quietude do lugar, aos anjinhos tão entediados...
a religião que não me pertence, mas, aquele momento foi tão perfeito e eu não resisti.

a fé me move e comove sempre.

na volta da caminhada paramos pro chopp e almoço e muito papo com os proprietários do Café Abstrato, que faz parte do roteiro gastronômico.
e mais 40 minutos de caminhada até a casa.



e pra enganar o cansaço...

da reforma interminável, de tentar manter os espaços onde estou morando e onde quero morar  em equilíbrio, do frio e da umidade que deixa o humor no pé, da saudade da minha cama, do chuveiro da minha casa, da minha oficina... do meu cabelo perfumado, da minha mão mais macia...

um pouco de poesia (a música tá por ai)

 

O Que Eu Não Conheço

O mais importante do bordado
É o avesso
É o avesso

O mais importante em mim
É o que eu não conheço
O que eu não conheço
O que de mim aparece

É o que dentro de mim Deus tece
Quando te espero chegar eu me enfeito, eu me enfeito
Jogo perfume no ar

Enfeito meu pensamento
Às vezes quando te encontro
Eu mesma não me conheço

Descubro novos limites
Eu perco o endereço
É o segredo do ponto
O rendado do tempo
É como me foi passado o ensinamento


Composição: Jorge Vercillo e J. Velloso

matéria bacanuda do meu do seu do nosso Bazar :)

 onde o foco é o encontro de pessoas afins!  leia a matéria aqui

O Nosso Bazar no Quintal da Vizinha está chegando, será no próximo dia 31!

E nós da organização lembramos:

Este espaço não é comercial, eventualmente poderá acontecer o comércio, mas nós não podemos esquecer da nossa intenção neste espaço: reunir pessoas afins, falar e apreciar a arte, artesanato, troca de conhecimentos, receitas, literatura, contação de história, manicure, uma tarde simples, e, em boa companhia! resgatando o velho e bom escambo, e muita prosa boa entre vizinhos e vizinhas!

Se você tem a mesma intenção de compartilhar ideias, somar desejos,
inspirar-se, passar uma tarde na simplicidade do quintal da vizinha,
esperamos vocês.

Aos expositores cabe trazer uma comidinha gostosa para partilhar entre si.

Aos visitantes, teremos quitutes à venda.

Nosso quintal estará de portões aberto!

dia de peregrinação com bolo e café

ontem  eu e a dona bonequiando fomos por ai...
convidando os amigos, artesãos e artistas para II Bazar no quintal da Vizinha, e, foi uma tarde pra lá de gostosa!
papos, café, arte, costura, bolo de fubá, fuxico, tricotagem, curiosidade, alegria e surpresas boas!


E as janelas gente? sabe, as janelas da alma...





casa dos juntados

empurra lá, pinta aqui ó!
bota estante prum lado, armários pro outro, compra cama nova, pinta o banheiro, abre espaço nas oficinas, raspa verniz, e dói as costas, e o humor e a paciência somem junto com a última tinta de 3 anos atrás...
daí a gente pensa na inauguração do novo espaço, no almoço com os amigos pra celebrar o fim da reforma, pensa no quanto bacana vai ficar!
pensa no quanto caro ficou... dorme de mal, come no restaurante, toma banho rápido, café em pé.
...dias que nem sei quem sou, olho no espelho e uma figura estranha com olhar desconfiado me observa nem feliz nem triste, estranha.

depois, a gente ri de si :) dividindo o último pão de queijo e tomando um gole no café, bate a poeira da roupa espreguiça o corpo cansado e continua...
feito tudo a dois, as vezes três, feito do nosso jeito, feito a nossa vontade, feito dum jeito simples.

simplicidade



Vai diminuindo a cidade
Vai aumentando a simpatia
Quanto menor a casinha
Mais sincero o bom dia
Mais mole a cama em que durmo
Mais duro o chão que eu piso
Tem água limpa na pia
Tem dente a mais no sorriso
Busquei felicidade
Encontrei foi Maria
Ela, pinga e farinha
E eu sentindo alegria
Café tá quente no fogo
Barriga não tá vazia
Quanto mais simplicidade
Melhor o nascer do dia

Teoria do caos

"Para a física e a matemática, é a teoria que explica o  funcionamento dos sistemas complexos e dinâmicos. Isso significa que certos resultados determinados são causados pela ação e a interação de elementos de forma praticamente aleatória.
 
Além disso, mesmo que o número de fatores influenciando um determinado resultado seja pequeno, ainda assim a ocorrência do resultado esperado pode ser instável, desde que o sistema seja não-linear.
 
Pois, é exatamente isso que os matemáticos querem prever: 
o que as pessoas pensam que é acaso mas, na realidade, é um fenômeno que pode ser representado por equações." 

Seja lá como for...
 
Para mim é mais ou menos isso, tal forma matemática estudada e pesquisada por tantos físicos:  
 
1) Eu tiro tudo da sacola de palha, das gavetas, das caixasm boto tudo a vista e a mão. 
 
2) Abro um vinho ou faço um chá, ou ainda um simples pacote de biscoito recheado resolve (percebe como aparentemente nada parece ter haver com nada? ) 
 
3) depois de um ou dois tempos em que fios, linhas e tecidos  se mesclaram numa aparente confusão, depois de uma ou duas doses, ou algumas mordidas, alguma coisa dentro de mim  junta o léo com o créu o isso com aquilo e deu-se! 
 
O caos se transforma.



de olhos e peito aberto

Então povo e pova, tá tudo lindo, tá tudo indo...
a bagunça por aqui continua forte! poeira, móveis, cozinha, quarto, sacos, sacolas, malas, trabalho, teares, tesão, tecidos... tudo minha gente! tudo que eu tenho de mais íntimo e pessoal tá embolado num canto da casa, por baixo de algum plástico de algum lençol, dentro de alguma caixa. Mas se não é assim, se eu não me embolo um pouco não vejo a vida que eu preciso acontecendo.

♫ E a mundança segue assim muito mais dentro de mim ♫
arrastando uma preguiça pra lá, cutucando um assunto mal resolvido aqui.

E assim, se  tudo rolar bacana (dentro e fora) daqui a uns 2 meses volto pro meu canto, pra minha oficina e meu lar.

Mas ó, tô avisando por que te quero bem, abalar as estruturas, jogar a vaca no abismo, chutar o balde, lavar a alma, dói, custa, transforma e liberta! tudojunto e misturado.
Abraço em ti, que por aqui passa.

:)



essas são fotos  de ontem a tarde, 01/07/2010 num grande "lanço" os pescadores da comunidade de Bombas pegaram 15 mil tainhas! Beleza simplicidade e alegria de um povo! 


(mas eu confesso que fico com uma peninha das bicha...)