(bolerão) tá tubo muito bão, tá tudo muito bem...

mas, tô achando que todos a minha volta estão trabalhando demais, cansados demais, sérios demais... uma disputa de quem acordou mais cedo, quem ralou mais, quem fez mais, quem disse tudo que precisava dizer e ponto, quem não tem mais tempo pra isso ou aquilo... quem só fala o que precisa, ou o que o outro espera que se fale. Na bôua? isso me cansa, é chato! é egóico, é ficar dando voltas atrás do próprio rabo, desnecessário e sem graça.

Eu quero o riso, quero rir com o outro, quero rir de mim, quero simpatia, quero leveza, espero isso de mim, gosto de ver leveza no outro.

Gosto demais do riso frouxo, gosto da pessoa mais humana, que paga mico, que erra o português, que fala cantando, que viaja pacas quando fala...


Gosto de andar na rua e ver gente rindo, num tem jeito, minha cabeça se volta naturalmente pra ver de onde vem o riso.
Gente que consegue rir, gargalhar, de certeza por minutos esqueceu tudo, todas a inhacas da vida, e eu bocó que sou adoro ouvir um riso genuíno!

Minha mãe dia desses teve uma crise de riso, num parava mais... ela olhava para minha irmã e simplesmente não se continha! ria muito, até perder o fôlego e até contagiar quem estava na roda, daí que tem uma hora que nem importa mais o motivo do riso, mas a gargalhada em si!
e quando você olha, todo mundo tá rindo junto, num é ótimo?

Aqui em casa a gente ri o tempo todo, de si mesmo, do outro, de coisas que lemos e ouvimos do mundo, eu sou bem palhaça embora tímida e acho que rir ainda é um bom remédio! é onde eu me solto, onde eu sou.

Ps: escrevi pq. senti que por aqui em Bombinhas no inverno, que por ai no mundo virtua, as pessoas riem pouco e se levam muito a sério! blé.


5 comentários:

Riva disse...

Se rir, é o melhor remédio, vamos rir então. Mesmo porque, chorar além de não adiantar nada, molha rostos, molha lenços e nos deixa áridos. Pior que a aridez, existe nada não. Abraços.

Roberta M. disse...

Putz menina, não poderia concordar mais com vc!! Uma vez, há um tempinho atrás, fiz um post chamado: Cadê o tempo que tava aqui??? Falando justamente dessa coisa das pessoas sempre sem tempo, sempre se levando tão a serio, ai que danação eu tenho disso!! Vamos rir mais, eu rio muito de mim, até porque não tem como fazer o contrário, sou digna de risos de tão atrapalhada...e amo!!
beijocas alegres

Anônimo disse...

Véia,
Concordo com vc,todo mundo correndo e não sei pra onde.....e rir então,ninguém tem tempo pra isso,as vezes eu falo assim ó:para o mundo que eu quero descer!!!
Bjs e muitas risadas pra nós.
Simone Bello

Véia da Teia disse...

então é isso pessoas! nós da turma do bolerão... podemor rir e dançar, que faz bem pacas! :D

Vanessa Maurer disse...

Eu dou risada de tudo... de mim mesma, dos outros, das situações boas e das ruins também... rir, sempre foi o melhor remédio!