raspas e restos me interessam!



além da terapia...
tem as encomendas, tem o momento reciclagem, a criação de novas peças, ideias e inspirações que surgem de conversas tão soltas quanto os fios...
aqui, sobrou urdume que não dá para desperdiçar (palha de seda natural!) junte isso a outro tanto de sobras que estão esperando num canto qualquer da oficina e...
o que será? será!

Um comentário:

rosana sperotto disse...

Vou adorar conhecer o resultado. Beijo