Nem sempre meu mundo foi tão mini


Dias de frio na barriga,
dias que antencedem um salto maior, que precedem mudanças na rota.
Aprender a controlar um pouco da doida ansiedade
, por esses dias meus amigos, poucas linhas e muita fé.

2 comentários:

angela disse...

Força!!!!Que no fim tudo dá certo!!!!bjos

Véia da Teia disse...

Oi amiga, botei no meu flickr a foto daquele pequena trama de tear (raspas e restos) que vai virar uma bolsinha bem interessante.
Bem, quanto as mudanças vamos nos falando, mas é assim: toda a vez que eu faço a mala e boto o pé na estrada essa cidade parece que me cerca e não me deixa ir! seguimos.

Obrigada pelas visitas no blog do Engenho do Sertão!

bejo.