mini contos mini medos

(véia, véio, peludo amado e maíra de olho na gente)



cansada com dor nas costas

de saco cheio de tu-do!
com aquela sensação chaaata de que nadei nadei e morri na praia
tudo isso assim? tendo que engolir no seco e sem poder culpar ninguém?

...
c estuda a vida toda, trabalha sem reclamar, faz yoga, quase num fala mal dos vizinhos, c acha boa gente, pratica meditação 2 vezes por semana a anos, recicla o lixo, gosta de bicho e da natureza, mata o monstro da pia todo dia e nem fica
ruminando que além de cozinhar tem que lavar também...
não devolve chatice
faz isso entre tantas outras coisas
pra vida ser mais leve
mais legal
mas tem dias
e noites também
que nenhum truque suaviza
nenhum truque ameniza

Ps.odeio quando minhas mágicas falham.

...

chocolate engorda mesmo?
a gente envelhece e encolhe?
cachorros velhos viram sabão?

....

agora que está escuro lá fora
e as vozes dentro da minha cabeça acalmam
agora
eu
fito
a lua

3 comentários:

Laély disse...

Nenhum barulhão, que uma paisagem dessas não cale.

Vanessa Maurer disse...

Tem dias, que se parecem com noites intermináveis... apenas uma pausa, um inspirar, uma boa vibração... apenas essas coisas nos ajustam novamente...

Luciana disse...

concordo em gênero, número e grau!
Aqui comigo - tudo igual!!!
humpf...
Bjks.