o verão só começou








tem encontro, tem brinde,
tem peixe fresco pra temperar,
tem pé cabeça e corpo na água salgada do mar,

tem presente feito à mão,
tem laço de fita pra desfazer,
tem pão pra comer
tem abraço tranquilo
num tem ninguém pré-ocupado com nada em especial
num tem mágoas pra esquecer
num tem pinheiro nem papai-noel, tem uma árvore de galho catado com pio de pano pendurado
tem champanhe artesanal rolha líquido e rótulo feita por espanhóis que vivem numa cidade de italianos (Garibaldi -RS) achados e histórias do Miguel da Patrícia
tem inauguração de deck & banheira da
tem conversa solta e leve
tem um amigo safo-meio-filósofo-meio-malandro
que diz: pra quem já morou de baixo duma ponte, morar de frente ao mar numa casa bacana é "sair no lucro" ele deseja que todo mundo tenha um 2010 DEZ! com paz, e disse que isso basta pra que o resto aconteça...
tem uma amiga que depois de 10 anos anda rindo sozinha por que agora tem uma chave pra chavear um canto no mundo que por um tempo pode chamar de seu, afinal tudo na vida é transitório..
.
tem um véio que anda por aqui feliz por concretizar seus sonhos...
e eu?
tô com tempo pra catar conchas, pra espiar essas coisas acontecendo

pra mais um por de sol em canto grande
pra passear com enteada-amada e cachorro companheiro
pra ver o verão acontecendo
pra cortar a grama
pra terminar a infinita casa em construção
pra tecer mais um pedaço da minha história
é, é mais verão acontencendo por aqui.


Um comentário:

rosana sperotto disse...

Abençoada tranquilidade! Até eu que não sou amiga do verão e prefiro a serra ao mar, quis estar nessa onda de paz... Escolhemos o caminho, chegamos ao destino que projetamos, não podemos reclamar, né? Que os pios de pano cantem baixinho e acordem um lindo Natal aí! Beijo grande