Querido diário,

hoje foi dia de ficar em casa e ao redor de casa, com calma e tranquilidade fui fazendo meu ranguinho... enquanto rolava uma caipirinha de limão da terra e cachaça do alambique do pedro alemão eu seguia picando, cortanto, cantarolando e agradecendo a simplicidade e alegria desse tempo, (seguida de muito perto pela felina de faro fino e olhos atentos!)
O dia foi acontencendo sem pressa...
num momento um telefonema do amigo contando notícias auspiciosas, noutro matando saudades da família via skype, uma pausa prum mergulho, uma água de coco em morrinhos...
uma caminhada na praia ao entardecer, lendo emails, atualizando o mundo virtual, achando graça e leveza na vida.
...um grau a mais num cotidiano simples ;)
foi isso e fim.
um beijo, um browse, um aperto de mouse
.



Um comentário:

Luciana disse...

que delícia tudoooo!!!mas esse gatão... é demais!