magrela e a natureza de Bombinhas


Bicicletas são magrelas...todas elas.

Bicicletas (e isso vale prá toda magrela) facilitam, nesta época da sigla, do sumário e da pressa, perceber a riqueza de detalhes do entorno, da natureza em especial, sem danificá-los.
A bicicleta é uma das poucas delicadezas que a engenharia nos possibilita nesse mundo de máquinas ainda muito grosseiras. É uma outra janela para nosso tempo.

Além do mais, as magrelas aprimoram as habilidades do corpo. Esse corpo meio esquecido, meio espremido entre variadas suplementações eletrônicas, mas que ainda é a base de nosso exercício vital. Por cima de uma magrela a vida pode ser mais instigante, larga, longa e fecunda. Sabe disso tanto quem já tomou uma trilha ou estrada quanto aquele que só pedala nos fins-de-tarde da metrópole.

Não se renda às pressões para simplificar demasiadamente a existência: é muito comodismo deixar-se sempre levar pela vida sobre a arrogância de um motor qualquer. Não vai caber em muitos sítios de boa alma.

Assim, se você ainda não tem sua magrela, corra atrás. Enquanto isso divirta-se e se informe nos sites listados aí do lado, todos dedicados a elas e ao ciclismo. Mas corra atrás...É paixão na certa.

José Afonso Cabral-  blog

Nenhum comentário: