um sapo caiu na minha cabeça,

quando abri a porta da oficina, ploft!
senti uma coisa pesada e molhada no alto da minha cabeça, espirrando um num sei o que na camiseta, no ombro, no pé, nos cabelos, no chão arc!
demorei pequenos e nojentos segundos pra descobrir que era um sapo, jorrando em mim, veneno? gosma ultra-proteção? xixi?
ui, meleca!

será que devo começar a acreditar em previsões e superstições?

"...quando um sapo cai na sua cabeça logo pela manhã..."
prepare-se: hoje o seu dia será gosmento e gelado.
atenta ao seu dia: a natureza conspira ao seu favor.
atenção: do alto virá a solução!
no seu dia hoje: encontrarás o príncipe encantando.
evite: vestir-se de verde hoje.
mantenha-se distante: das portas e dos sapos.
desconfie: de tudo e todos hoje.
coragem: você irá precisar.

ou ainda, será que que é uma mandinga?
bruxaria? logo eu, tão cética!


(o danado é esse ai, ainda continua grudado na porta de entrada)

Um comentário:

Mauricio Musa disse...

hummm... joga no sapo...
tem sapo no jogo do bicho?