reformando as cadeiras da cozinha


Na falta de quem fizesse por um preço justo e um trabalho bem feito, eu e o véio resolvemos reformar as cadeiras da cozinha. Cadeiras pé palito, década de 50, já passaram por toda a família e agora nos acompanham por 15 anos, uia! a bem da verdade não são as minhas cadeiras preferidas, mas como gosto bastante da idéia de reciclar, e de dar cara nova ao antigo, e não tenho intenção ($$$) nenhuma neste momento de comprar uma mesa ou cadeiras novas, mãos à obra!

1- desmontar (dá trabalho, se elas forem antiguinhas então, cada peça é preciosa)
2- lixar, "tirar todas cracas de anos de maus restauros", raspar, desparafusar, descolar e etc e tals... (cansa que é uma beleza, prepare-se para ficar com as unhas na nhaca!)
3- polir, pintar (minha parte preferida)
4- medir: quantidade de tecido e espuma (bico)
5- escolher tecido e espuma para o acento "por falta total de um tecido fofys por essas bandas, fechei numa cor básica e motivo idem" ( cara de muxoxo)
6- comprar (ehhhhhhhh)
7- pagar (uhhhhhhh)
6- forrar o acento (hã, o que? como???)

Simplifique: com espuma e tecido em mãos, busque e encontre um "Sr. legal", que faz tudo bem e rápido e por poucos dinheiros ( só 6 dinheiros cada cadeira!!!)

..tá que ainda falta a mesa, que vai precisar de uma pesquisa, um verniz especial e blá! mas que é legal fazer isso pela sua casinha, ó vale pacas!

Um comentário:

Kátia disse...

Véia, já não era sem tempo, né?
Quero ver essa cadeirona escândalo pé palito pronta, hein, que eu preciso dormir depois!
=)