bate na madeira


Saravá, pé de pato, bangalô três vezes...
pra tecer em paz, roupa branca.

Nenhum comentário: