Obama! Obama! Obama!

A crise americana tem dois elementos básicos que todo mundo sabe: especulação imobiliária e descontrole do sistema financeiro, (le-se, especuladores e banqueiros)

... mas as perguntas não querem calar em mim.

A troco de que o governo americano emprestou milhões de dólares a empresas supostamente falidas?
(lembrando que são as mesmas empresas que mesmo falidas, preferem vender as casas a 1 dolar do que negociar com os inadimplentes, ou fazer outra manobra qualquer, que não me vem na caxola agora)

Mas como assim?

Preferem vender a 1 dolar do que pagar os impostos das casas para o governo? hummmmmm (matutando)
primeiro elas pedem socorro, e o governo tira dos cofres públicos milhões de dólares, tá!
depois elas não fazem questão nenhuma de pagar os impostos para o governo das casas tomadas.... (vendem então por 1 dolar) e negociam pagar essa dívida impagável sei lá como...hummmmmm (matutando de novo)

ou seja, querem total poder! querem zerar os cofres do governo, é o setor privado, (republicamos, conservadores) dominando se apropriando do dinheiro público! numa manobra fraudulenta e lesiva!

e assim,
Obama (querido Obama) tem todo o discurso e o motivo pra fazer grandes mudanças, mas vejam só onde a crise financeira vai dar: Obama não vai ter grana nenhuma! pra fazer nada, e sem grana sem poder! ele está nas mãos da elite dos conservadores...será?

é ou não uma crise forjada!?
Eu acho que essa "crise do sistema financeiro" foi muito bem bolada isso sim, uma sacanagem!

enquanto isso... no Brasil
pra mim, a coisa também não é diferente, podemos notar pela fusão do Itaú x Unibanco (total poder) não é normal uma fusão desse porte! não caiu bem essa notícia! fiquei matutanto de novo: pra que???? se tudo está bem, como diz o Lula, a crise não nos atingiu....blábláblá pra que fusão desse porte?

Mas porque eu escrevi tudo isso mesmo? háááááá, lembrei:
Assistindo aos notíciarios "normais" na TV, pensei que nada é discutido, nada é explicado, nada acontece! tudo é tão simples, não tem nada pela frente, por trás, nada atráves do pano, nada por baixo do tapete, crise por crise, fusão por fusão, e lá vamos nos girando na roda!

Será que eu tô criando coisas na minha caxola?
na real não muda nada eu achar, eu intuir, eu acreditar um pouco mais nisso ou naquilo? será?

Mas que a vitória do Obama foi linda, é certeza, tenho uma sensação de que o mundo ficou um tanto mais humano depois disso.

Nenhum comentário: