adouro quando ele vai pra cozinha, assim, tranquilo assoviando o trenzinho caipira de Villa Lobos, primeiro ele dá uma geral na pia, depois faz uma caipirinha, vai até a horta pegar o que tiver bom por lá, bota tudo de molho, vai escolhendo os ingredientes para o almoço e enquanto o fogão à lenha esquenta a comida, esses pequenos gestos esquentam meu coração.
Eu e o Froide ficamos as voltas de olhos atentos e nariz idem.



Villa-Lobos - O trenzinho caipira

Um comentário:

cris disse...

Lindo! o trenzinho, a cozinha e o carinho...
É sempre bom passar por aqui!