eita serviço enfadonho!


Finalmente consegui terminar a digitação de um trabalho com 19 páginas frente e verso, mal escritas, traduzidas do inglês para o português de um jeito muito particular, que só quem entende bem inglês mesmo pode fazer, (não é meu caso) ainda mais com aquela letra de médico que só o meu Véio tem e que com muita dificuldade eu conseguia ler. Coisa mais sacal do mundo, mas percebendo que eu tinha essa tarefa pela frente, e que ela em hipótese alguma me animava e que com certeza era realmente uma obrigação cumpri-la lá ia eu.
E assim fui "me percebendo" diante disso. Como resolver as coisas chatas, enfadonhas, cansativas do cotidiano? Como encarar o trabalho sujo, como colocar a mão na massa e finalizar o assunto? 
Neste caso eu me preparava, vestia uma roupa bem confortável, aquecia o corpo, preparava uma garrafa de chá, uma taça de vinho, ou um chocolate quente e lá ia eu e a gatuxa - peluda que sempre me faz companhia nessa horas. E antes de começar a espancar as teclas, me ligava em ligar o iTunes nina simone, norah Jones, clássicas e etc. e assim eu cumpria a minha parte. No fim percebi o quanto de determinação, de energia eu botei pra resolver o assunto, e não é que eu gostei de resolver mais essa? 
Então é isso, uma dose de vinho, outra de determinação! será?

2 comentários:

cris disse...

Determinação, sem dúvida. Mas o vinho ajuda...

Véia da Teia disse...

kkkk, inspiração Cris!!!!!