chegaaaaaaaa!


Lascou? joguei.
Rasgou, tá roto? puido? desbotado? esquece, vai pro balaio e o balaio pra rua.
Num quero mais roupa emendada, rasgada, louça lascada, um sei lá o que que um dia pensei em reutilizar, ou usar, quero ar novo! lençois novos, toalhas branquíssimas, louça intacta, prata polida.
Por que eu hoje tô de saco cheinho, e num quero nem ouvir a palavra reciclar.

na aula de costura

no chalé da colina, a gente ri, tricota, come, palpita, uma tarde por semana, divertida e singela.







sem comentários

decididamente nada entendendo de html, por várias vezes tentei adicionar a este blog o campo para comentários, mas nada aconteceu, desisti, sorry.

sem tempo para nada

que não seja essencial, necessário


ouço isso o tempo todo, todos com pressa de fazer, de ir, de acontecer, de comer, de curtir, pressa, pressa, pressa! ouço todo mundo o tempo todo falando sobre o tempo e como é está curto.
Como se cozinhar rápido, trabalhar rápido, falar rápido, aproveitar o máximo e intensamente tudo fosse a ordem do dia! do ano! do século!
eu no meu canto recupero o tempo... curto cada minuto e respiro de outro jeito.
trabalho, pinto portão, faço pizza, curto cada momento do dia, ouço música, leio um livro, vejo filmes, converso, tricoto interneto. trabalho, costuro, dou aulas, tenho longas conversar com o véio, com o mundo, me interesso pelo tempo de outros tempos, por pessoas mais tranquilas, por frases completas, por pausas e reticências

Para Tomoko

em homenagem ao centenário de imigração Japonesa




Tomoko! a minha, a nossa, a sua, amiga carinhosa!
Ela sabe da minha paixão pelo Japão, seus descendentes, sua história, seu saquês, origamis, e as comidas então? história, arte, e os olhinhos puxados que eu queria ter!
Querida Tomoko! muita paz e harmonia pra você e sua familia.
A homenagem também está no Flickr

receita do meu tomate seco

Receita par 1 kl. de tomate ( 1 kl. é pouco)

compre eles bem maduros, corte ao meio, separe as sementes, coloque numa forma.
Faça um mistura de 2 colheres de açúcar e 1 de sal, misture e regue os tomates...
leve ao forno quente e vá virando os tomates a cada meia hora....
Essa receita é para fazer naqueles dias que tu tá fins de ficar as voltas do forno....
Mais ou menos 3 horas de forno 

Meu molho para a conserva:

1/2 xic. de azeite de oliva, 1/2 ( ou 1 ) xic. de óleo de canola
alho amassado, pimenta jamaicana, louro, alcaparras, orégano,
Se quiser bata um parte desses ingredientes no liquidificador e o restante decore o pote.


Economia no lar










Gente que susto levei quando fui ao super fazer compras mensais, tudo ficou muito caro de um mês para o outro pelo menos uns 40%.
Aquelas coisinhas gostosas não rolaram dessa vez, tomates seco caríssimo, geléia ( da boa) o zóio da cara! um vinho até rolou, um azeite, que o Véio fica alucinado quando vê a gôndola, parece criança em doceria, mas um monte de coisitas ficou.
Fazer o que? aproveitar o fogão à lenha, que esquenta a casa, a gente economiza no gás de cozinha, e fico sem aquela sensação de que tem neguinho passando a mão na sua grana!
Fiz geléia de morango, tomate seco, molho vermelho, cozinhei aipim, pinhão, tudo em duas fornadas de lenha! 
E  foi assim hoje, logo que cheguei de uma entrevista ( é, num tá dando pra viver só de artesanato/massagem tenho que ir pra rua!!! mas tudo bem isso é outa história),  fui pro fogão e por lá fiquei, deu uma trabalheira mas valeu!
Fiz dois potes de geléia, o tomate tá lá secando, as sobras do tomate não dispensei não, fiz um super molho que caiu bem com uma massinha agora no almoço, e ainda tem um montão que vou congelar, o aipim ficou de comer de joelhos, macio, o pinhão a gente come mais tarde...
Ainda usando o fogão, assei uns alhos com casca, sequei as cascas da laranja, e fiz torradas e pão!
Ai, cansei.


comidinhas na semana



suflê de milho, saladinha da horta, conserva de pepino

vários pepinos...


conserva de pepino

luvas sem dedos



procurei receita de luvas sem dedos no google, em blogs, no you tube e etecetara e tal
achei as luvas do blog da  lindas, mas pra mim que só sei o beaba do tricô e olhe lá, num deu (ainda) então encontrei  esse vídeo no you tube
daí seguindo a idéia fiz minhas luvas assim:

botei 26 pontos na agulha
fiz 12 carreiras em sanfona ( dois tricôs e dois meias)
depois  mais 12 carreiras simples ( um lado tricô, outro meia)
arrematei e costurei.


dia 13 de junho

Tem muita história e fotos pra contar aos poucos e boto tudo aqui!
dia de corre-corre pra enfeitar o arráia do Engenho!!! 

dia 12 de junho

Foi assim, pela manhã bem cedo seguindo dicas preciosas de rainhas
teve café na cama! foi carinho, foi gostoso, a gente alegrou o coração o corpo e a alma!




Sopão no inverno



Pra ficar aquela sopa bonita piquei tudo bem picadinho... botei numa água com caldo de legumes e músculo em pequenos pedaços, fio de azeite, tantinho de pimenta, e deixa lá...nada se desmancha, fica tudo gostoso, super nutritivo e mais, esquenta que é uma beleza.
Poupei os olhos de quem passa por aqui e não tirei foto da carne crua, que ninguém merece!

Tear Serrano vendido

um cafézinho é de praxe para fechar a negociação.
o Paulo e seu pai, na toca do sr. e sra. ao sul.

O Paulo e a Apolonia  de Porto Alegre arremataram a peça, confesso que deu uma dorzinha no meu coração, mas tenho certeza que eles farão com esse tear um verdadeiro e produtivo trabalho, coisa que eu já não fazia faz tempo...
Acho assim, o preço foi justo para uma negociação idem! e que eles tirem o máximo de proveito dessa compra.


meias tortas de tricot


por conta dos destemperos, de num dar conta de tudo num dia só e dos meus humores que mudam, quando fui fazer o segundo pé da meia, já era um outro dia, outra inspiração daí que um pé da meia saiu assim, maior, mais largo. Mas tá feito! 
Prometo melhorar da próxima vez, assinado: orelhuda!

Manu em Bombinhas





ela é espontânea, pura, linda naturalmente... a gente fica assim com essa cara de louca! fazer o que? viva as crianças!
Essa é a Manu, passou por aqui no find, a gente riu um monte, eu desopilei com ela por aqui, ela e sua língua, seus gritinhos e gargalhadas inocentes....