ô semaninha difícil!


essa semana num foi fácil, ondas de até 3 metros, terremoto, " tromba d'água", até de barco eu tive que ser resgatada nesta semana...vem cá, alguém esqueceu de me contar alguma coisa? 

Oficina da Véia


acho que quando a gente decora um ambiente sem móveis é muito mais fácil, coloca lá uma cadeira no meio do espaço amplo e vazio, senta e viaja, imaginando um objeto, um móvel, a cor, o tamanho... se no canto direito ou esquerdo, enfins...  este realmente não é o meu caso.Tenho milhares de coisas num espaço super pequeno, carrego móvel pra lá, puxo móvel pra cá, desmonto tear, monto urdideira , e a biblioteca exposta? e as paredes de tijolos aparentes? é muita textura, muita informação, ou tudo fica esquisito ou engraçado, mas nada bonito e fresco, digo, livre, leve como eu imagino!
O que fazer? que cor pintar a porta? vermelho tomate? branco? laranja queimado? ( que cor é essa) e as paredes?
O que fazer com montes e montes de fios e apenas 1 pequeno armário?????
Tenho um tapete mágico! funciona assim, quando o móvel é pesado, difícil de carregar, eu coloco embaixo dele um tapete e vou arrastando o pesadão para onde quero,  mas ó, o tapete tem que ser bom! forte! senão...é chão, ou dor na costas.


enquanto o tempo acelera pede pressa eu me recuso faço hora vou na valsa a vida é tão rara enquanto todo mundo espera a cura do mal
e a loucura finge que isso tudo é normal
eu finjo ter paciência



Amor Tecido

Amor Tecido

amor de mãe
a mordomia
amor de criança
a mordida
amor de criatura
a mordaça
amor extenuado
a morbidez
amor de fruta
amoreira
amor de máquina
amortecedor...
(solda)

Visite o Jornal nó Cego e leia mais...
visite também o pequeno museu da tecelagem

com açúcar e com afeto


toda vez na volta de viagem tem essas:
reentrada na atmosfera! muito bom dormir na sua própria cama, seu banheiro, seu chuveiro, seus cheiros, seu café da manhã, mas também tem aquelas, tudo que tá assim digamos estranho, fica muito, mais muito esquisito mesmo! parece que "coisas" ganham lupa!
Tudo que era aceitável fica feio, chato e etc, afinal, pra quem estava curtindo, viajando, solto, sem horários, curtindo o belo, se deixando levar...
Voltar pra casa tem dessas, pagar contas, vidro da oficina pra trocar, a horta por começar, compras à fazer, o gás que termina, pendências, o que é urgente, o que importante?
Daí que algumas discussões aparecem no meio do caminho, e eu e o Véio tivemos várias delas....
Daí que pra botar um ponto final nisso, eu fiz um bolo com açúcar e com afeto, roubei flores do vizinho... e taí! "tamos bem de novo"!

não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura inflexível, criada pelo homem.
O que me atrai é a linha livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, 
nas ondas do mar
nas nuvens do céu,
no corpo da mulher preferida.
De curvas é feito todo o universo.
O universo curvo de Einstein
Oscar Niemeyer

um canto do mundo

barcos prontos, olhos ao mar, a tainha está a chegar!





por onde a véia da teia anda?




a cozer e tecer no engenho do sertao



Dez anos!!!! ufa! e muitas oficinas, famílias, brincadeiras, boa comida, lembranças e luta!
domingo almoçamos e entardecemos por lá, e foi galinha com aipim, torta de banana, bolos, cantoria, dança, gente vindo e gente indo o dia todo.
Entra no site e conheça o Intituto boi de mamão 


ah!!! Tá...tudo bem....

adoro essa expressão, e adorei o blog
do tipassim....aiaiai (suspirando) que podia ser melhor, podia, mas tá bão assim....
tá lindo assim, pra quê mais? mais? mais estraga.

Virada Cultural

Pra quem mora em São Paulo...imperdível!!!
Baseado nas Noites Brancas de Paris, em que os museus das cidades ficam abertos toda a noite.
Esse evento vai ocupar toda a cidade durante 24 horas com vários espetáculos.
Confira a programação entrando aqui

Bia

ela  é minha sobrinha, tem essa carinha de sapeca, faladeira, contadora de história, encrenqueira e etc...Bia pode tranquilamente fazer o papel da Emília do sítio do picapau amarelo, ah se pode.